Manzana de las Luces

Manzana de las Luces

A “Manzana de las Luces”, localizada entre as ruas Alsina, Perú, Moreno e Bolívar, é uma área do centro de Buenos Aires conhecida como o berço da intelectualidade da cidade.

A história da zona começa em 1661, quando os jesuítas se instalaram na área e começaram a construir diferentes edifícios.

Visita à “Manzana de las Luces”

Durante a visita guiada é realizado um roteiro através dos restos das edificações construúdas pelos jesuítas que ainda se conservam.

Os visitantes podem passear pelo Pátio da Procuradoria das Missões, um edifício de 1739 de onde eles supervisavam os bens e contabilizavam os produtos que vendiam para a manutenção das missões e dos colégios da ordem religiosa.

Sob o pátio podemos ver pequenos trechos de túneis coloniais construídos durante o século XVIII que iam até o Cabido, o Forte e o rio, e para algumas igrejas e construções importantes da cidade.

A visita permite a entrada a uma das casas do vice-reinado, edificada em 1783, onde se pode percorrer a sala onde foi assassinado Manuel Vicente Maza enquanto escrevia sua renúncia.

Posteriormente, na Sala de Representantes, os visitantes podem conhecer o lugar onde se reuniam os Representantes de Buenos Aires para elaborar as Leis e eleger os governadores.

Decepcionante e entendiante

O que, a princípio, parece ser uma visita interessante ao passado de Buenos Aires, se torna um passeio entediante em que se visitam várias salas reconstruídas escutando longas histórias sobre o passado. A promessa da visita aos túneis se resume a descer em um buraco e ver os túneis de longe.

Para visitar o Pátio da Procuradoria, é mais aconselhável tomar algo no bar que se encontra no seu interior, enquanto que para conhecer o passado de Buenos Aires, é muito mais recomendável visitar o Zanjón de Granados.

Horário

De segunda a sexta, às 15:00 horas.
Sábados e domingos, às 15:00, 16:30 e 18:00 horas.

Preço

Adultos: $50.
Menores de 6 anos: entrada gratuita.

Transporte

Ônibus: linhas 7, 24, 26, 28, 29, 38, 45, 56, 59, 64, 67 e 105.

Lugares próximos

Museu da Cidade (260 m)
Monserrat (384 m)
Microcentro (442 m)
Avenida de Mayo (575 m)
Zanjón de Granados (662 m)