Avenida de Mayo

Avenida de Mayo

A Avenida de Mayo é uma das principais artérias de Buenos Aires, uma enorme avenida com estilo parisiense que vai da Plaza de Mayo até a Plaza del Congreso

O passado da Avenida de Mayo

Em 1894, começou a construção da atrativa avenida com a finalidade de conectar as duas instituições mais importantes do país: a Casa Rosada e o Congresso da Nação.

Depois da sua construção, a avenida adquiriu um ambiente parisiense capaz de atrair a elite portenha, cheia de edifícios impressionantes, teatros e elegantes cafés. Entre as cafeterias da época se destacam o Café Tortoni, que ainda se mantém em funcionamento apesar de ser o mais antigo da cidade.

Devido à sua grande importância social, os jornais de maior circulação do país, como La Prensa, El Diario, El Argentino e El País, instalaram suas sedes na avenida. A avenida se tornou um lugar importante e, entre as suas peculiaridades, um dos seus edifícios contou com o primeiro elevador que foi instalado em Buenos Aires. 

A avenida na atualidade

A Avenida de Mayo conserva todo o esplendor dos tempos passados, mostrando ao mundo inteiro o estilo enérgico e cosmopolita da cidade.

Seus edifícios conservam uma chamativa mistura de fachadas com estilo Art Nouveau, Belle Époque e Art Déco, que forma uma completa mostra de arquitetura. O Palácio Barolo e o Edifício da Imobiliária são os dois exemplos mais importantes da sua grandeza.

A Avenida de Mayo foi e é uma das avenidas mais importantes da cidade, por isso costuma ser o cenário da maior parte das manifestações e celebrações dos cidadãos portenhos. 

Transporte

Metrô (Subte): Avenda de Mayo, linha C; Piedras e Sáenz Peña, linha A.

Lugares próximos

Monserrat (192 m)
Avenida 9 de Julio (407 m)
Manzana de las Luces (575 m)
Museu da Cidade (775 m)
Microcentro (797 m)